HAMILTON VIVO NO CAMPEONATO.

12278719_529053833919916_353214136652541991_n

por- Alexandre Vasconcellos (30/05/2016)

    Lewis Hamilton mostrou que está vivo no campeonato, embora tenha 24 pontos de desvantagem para Rosberg…e de quebra, venceu com classe numa prova onde o companheiro esteve apagadíssimo. Rosberg estava tão devagar, que a equipe achou que ele tinha um problema qualquer no carro e mandou ele deixar Hamilton passar, imagine você!!! Depois da corrida, enquanto o alemão explicava que não sentiu confiança em nenhum momento da prova, o inglês comentava que a cada volta sentia que poderia vencer…

    Olha, pensando no campeonato do ano passado, quando a partir da metade do ano Rosberg sucumbiu a melhor performance de Hamilton, não sei não, pode ser que o medo de perder tenha começado a abalar o alemão, abrindo caminho para o quarto título do inglês. Cedo para dizer, mas que dá para pensar, dá!

 

Red Bull, de novo, não!!

    Novamente a equipe Red Bull tirou a chance de Ricciardo vencer a prova, desta feita porque errou a troca de pneus…simplesmente houve um desentendimento sobre o tipo de pneu que o australiano havia escolhido e, quando ele entrou nos boxes – contra a vontade, diga-se de passagem, porque ele queria ficar mais tempo na pista, exatamente como fez Hamilton – a equipe estava com os pneus errados. Percebendo o erro, perderam muito tempo para trazer os pneus certos para a pista e aí, tchau vitória! Que papelão…

    E o menino Verstappen? Duas belas pancadas no final de semana, não foram seus melhores momentos…que ele é rápido, ninguém tem dúvida, mas ainda falta um pouco de controle. Andar sempre mais e mais rápido, numa pista como a de ontem, pode ser uma bomba com efeito retardado: quando menos se espera, estoura.

 

McLaren Honda, Alonso e Button

    Bons pontos para a McLaren, que já supera a Hass na tabela de pontos. Mas como a própria equipe reconheceu, não estavam rápidos como pensaram. De qualquer forma, nas condições de ontem, pouca gente anda tão bem quanto Alonso e Button.

 

Massa e Williams

    Que fiasco que é ver a Williams este ano, simplesmente o carro é lento, só isso. Não anda em curva de média velocidade e não anda em curva de baixa…tem mesmo que se preocupar em ajustar o carro de 2017, porque deste ano…talvez lá nas pistas de altíssima velocidade, melhorem, quem sabe.

 

Punições: o jogo de cartas marcadas?

    Sinceramente, e sem nenhum ufanismo, que droga de punições foram essas em Monaco? Punir o Wherlein porque ele demorou a dar espaço após a bandeira azul, não faz sentido nenhum porque ele estava bem a frente do seu adversário e, assim que este chegou perto, cedeu espaço! Aliás, justiça seja feita, ele fez ótima prova para o carro que tem.

    A punição a Ericsson, por bater em Nasr foi correta, mas cadê a punição a Hulkenberg por ter cruzado a linha amarela na saída dos boxes? Não tem desculpa, tinha que punir, afinal Massa foi punido aqui no Brasil por ter cruzado a linha branca de entrada nos boxes, o que é muito menos grave, não?

 

Vettel, Ferrari, Sauber, Force Índia, Renault…

    Vettel está irreconhecível este ano, cometendo erros bobos e inexplicáveis para quem tem tanto talento. Talvez tenha entendido porque Alonso já não aguentava mais a Ferrari e agora pode estar pensando se fez um bom negócio.

    A Ferrari está caminhando para trás? É muito estranho, pois quando todos esperavam que em Mônaco lutassem por vitória. Será que é mais um carro errado?

    E a Sauber? Não bastasse a equipe estar sem dinheiro, eles ainda atrapalham a corrida de seus pilotos, incentivando, ainda que sem querer, o aumento da rivalidade deles ao dar ordens sem sentido aos seus pilotos. Acorda Sauber!

Acompanhe

Publicidade